5 coisas que os vegetarianos não aguentam mais ouvir!

Você com certeza já falou ou já escutou alguma dessas coisas!

 

“E peixe, pode?”

 

A cada ano, o número de adeptos do vegetarianismo cresce.  Numa pesquisa realizada em 2012 pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, 8% da população brasileira declarou seguir a dieta vegetariana, sendo ela parcial ou estrita. Tá, mas o que é isso? A gente explica:

 

Segundo a nutricionista Luma Saqueto “a ovolactovegetariana é a mais indicada e ‘completa’, pois mantém a ingestão de fontes proteicas de alta absorção, que são encontradas nos alimentos de origem animal”.

 

Por isso que você é magro(a), né?

Não comer carne e ser magro não tem relação nenhuma, a dieta vegetariana não prejudica a saúde, mas isso não significa que a pessoa manterá uma dieta balanceada. Luma ressalta: “a dieta só terá malefícios se for compensada pelo excesso de carboidratos refinados, frituras, doces…”. Porém, ao manter essa dieta balanceada, os benefícios são maiores: “Quando balanceada adequadamente, esse tipo de dieta traz alguns benefícios como a redução do colesterol, prevenção de doenças cardíacas, e até mesmo a prevenção de câncer”.

 

Ai, amo os animais, principalmente meu cachorrinho! Masss ficar sem carne não dá!

A gente também ama nossos cachorrinhos! Mas você sabia que muitos cosméticos testam em animais domésticos? E que, além disso, o esgotamento de recursos naturais por causa da produção de carne é citado pela Organização das Nações Unidas em uma publicação de 2009? A ONU classifica a produção animal como um dos três maiores responsáveis pelos problemas ambientais. É por isso que os veganos não fazem o uso de componentes animais não alimentícios como roupas e acessórios de couro, lã e seda, bem como produtos testados em animais.

 

Se você não come carne, o que você come???

Err, muuuuitas coisas? Tipo, muitas! Segundo Luma “os substitutos ideais para a carne são as leguminosas – feijão de todos os tipos, grão de bico, lentilhas, ervilhas, soja – pois são altamente nutritivas e ricas em proteínas”. A nutricionista separou um cardápio cheio de nutrientes:

Vitamina B12: alimentos fermentados como shoyo, missô, levedura de cerveja e pães fermentados.

Ferro: oleaginosas em geral, vegetais verdes escuros e castanhas.

Cálcio: vegetais verdes escuros, sementes (gergelim, girassol), leguminosas e castanhas em geral.

Ômega-3: linhaça (dê preferência para as sementes moídas ou ao óleo), nozes e oleaginosas em geral.

 

Até ficaria sem comer carne, mas gosto tanto de bacon e feijoada!!

Hmm, a gente também adora uma feijoada (ainda mais nesse friozinho, né?). Mas, não seja por isso! O canal VegetariRANGO ensina a fazer uma feijoada vegana com torresmo!

 

 

Já falou alguma dessas coisas pra alguém? Ou já escutou? Corre pra contar uma história engraçada relacionada ao vegetarianismo pra gente! Vamos postar as melhores nos Stories.

Leave your reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.